domingo, novembro 18, 2018

Procuram-se ouvidos atentos

"Muitas pessoas procuram um ouvido atento e não o encontram entre os cristãos porque esses também falam quando deveriam ouvir. Porém, quem não consegue mais ouvir o irmão, em breve também não conseguirá mais ouvir a Deus."

In: BONHOEFFER, Dietrich. Vida em Comunhão. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1997, p. 85.

sábado, novembro 17, 2018

Os amigos melhoram-nos a vida

Os bons amigos contribuem para melhorar e facilitar a vida uns aos outros. Um amigo fiel procura ultrapassar conflitos e não guarda rancores. Amigos bons dizem-nos a verdade, não sobrevalorizam os nossos defeitos, protegem-nos as costas e são rápidos a perdoar. Sabem que precisam exercitar de forma prática o amor, a lealdade, o respeito e o perdão.

terça-feira, novembro 13, 2018

O cristianismo começa na família

Depois de Paulo ter feito um apelo à santidade, vai falar das importantes relações familiares e laborais. A nossa espiritualidade vê-se pela forma como falamos e tratamos os outros, principalmente os nossos familiares. Talvez um dos grandes problemas dos cristãos actuais é não viverem a sua fé nas coisas comuns do seu dia-a-dia. Dizem que religião é coisa de Domingo e Deus não entra no seu trabalho, nas suas amizades, nas sua casa. Deus quer-se fazer presente em toda a nossa vida. O cristianismo começa na família.

Para que os relacionamentos funcionem existem princípios funcionais - amor, lealdade, respeito, amizade, equidade. Cristo é O grande modelo nos relacionamentos dos cristãos. O marido cristão deve amar a mulher, assim como Cristo nos amou. A esposa cristã deve ser sujeita ao seu marido, porque Cristo obedeceu até ao fim ao Pai celestial. Os filhos devem obedecer aos seus pais, porque Cristo foi um Filho obediente até ao fim. Os pais devem educar com paciência e sensatez, porque Cristo foi manso e humilde de coração. Os empregados devem servir com afinco os seus patrões porque Cristo veio para servir. Os patrões devem agir com justiça, porque Cristo manifestou a justiça de Deus.

A família continua a ser a base da nossa sociedade. A família é mais importante que tudo. Mais importante do que o trabalho, que os amigos, que as diversões, do que as reuniões da igreja. Quando falharmos exercitemos o amor e o perdão. É tempo de orarmos mais tempo em família e pelas famílias. É tempo de viver o que já conhecemos. É tempo reconstruir lares desfeitos. A mudança começa no nosso coração e quando permitimos que Jesus seja o Senhor da nossa vida e do nosso lar.

domingo, novembro 11, 2018

Todos precisam da graça de Deus

"Ninguém é tão bom que não precise da graça de Deus, nem tão mau que não a possa receber."

Timothy Keller

quarta-feira, novembro 07, 2018

Tudo passa, menos Deus

Tudo passa. Tudo vai passar. Ainda que não tenha passado, um dia passará. Dores, tristezas, riquezas, desamores e temores, tudo passa. Quem com Deus anda, não vacilará, porque somente Deus não passa. Como bem o disse Teresa de Ávila, "quem a Deus tem, nada lhe falta. Só Deus basta". Se Deus não te basta na tua vida, nada na vida te vai bastar.

domingo, novembro 04, 2018

"Deus, tem misericórdia de mim, pecador!"

"A humildade diante de Deus nada mais é do que a verdade. É uma avaliação precisa de mim mesmo e não de uma pretensão artificial. Quando começarmos a ver-nos como Deus nos vê - desafiadores da sua autoridade, rebeldes contra o seu amor, egocêntricos e orgulhosos -, então teremos de reconhecer que a linguagem do publicano, longe de ser desonesta, é a única que podemos usar."

In: STOTT, John. As controvérsias de Jesus. Viçosa, MG: Editora Ultimato, 2015, p. 106.

sexta-feira, novembro 02, 2018

A realidade da mortalidade

"A maioria de nós não gosta de ser lembrada da nossa mortalidade, mas a realidade é que, de cada mil pessoas, mil morrem."

Hoje, no Devocional Pão Diário.