segunda-feira, maio 18, 2015

Amar até ao fim

"O amor é mestre, mas é preciso saber adquiri-lo, porque se adquire dificilmente, ao preço de um esforço prolongado; é preciso amar, de facto, não por um instante, mas até ao fim."

Fiodor Dostoiévski (Os Irmãos Karamazov)

sábado, maio 16, 2015

Há uma Centelha


Na pior das tristezas e gemidos
há uma centelha pronta
que mesmo sem se a perceber
arde por querer arder.
Quer secar lágrimas e suspiros
apartar entranháveis trevas
prenunciar o amanhecer
sangrando o novo nascer.

Jorge Oliveira

The King Is Gone


B. B. King - The Thrill Is Gone (Live at Montreux, 1993).
O rei morreu, mas a sua música ficará para sempre.

quarta-feira, maio 13, 2015

Ninguém cala as consoantes mudas

Achavam as consoantes mudas feias. Queriam calá-las à força. Não seria um desacordo estúpido que o iria conseguir. Mesmo mudas, continuariam bem vivas e a falarem correctamente. Independentemente do seu aspecto.

segunda-feira, maio 11, 2015

O valor maior do cristianismo

"O cristianismo prega o valor infinito do que aparenta não ter valor e a inutilidade infinita do que aparenta ser valioso."

G. K. Chesterton

quinta-feira, maio 07, 2015

As aves do céu

O dissabor pode apurar-nos o sabor e o caminhar. Às vezes só nos lembramos dos pássaros quando se fazem notar nos vidros dos nossos carros. Na cabeça. Mirar o céu com dedicação e gratidão não é um tique ornitológico (muito menos religioso), é um estilo de vida dos sábios prudentes. As aves do céu andam aí. Importa vê-las e ouvi-las.

segunda-feira, maio 04, 2015

Da idolatria

Os piores ídolos sempre foram os que esculpimos na nossa alma.

domingo, maio 03, 2015

Nada pode separar-nos do amor de Deus

"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?

Como está escrito: 'Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; fomos reputados como ovelhas para o matadouro'.

Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!"


(Bíblia Sagrada - Romanos 8:35-39)