quarta-feira, Abril 16, 2014

Contemplando O Cristo crucificado

Se eu contemplar O Cristo crucificado, percebo que Ele carregou os meus pecados.

Se vislumbrar o túmulo vazio, sei que Jesus pagou totalmente o preço da minha redenção.

Se andar com O Cristo ressurrecto, caminho sempre com uma viva esperança de vida.

terça-feira, Abril 15, 2014

2 gritos e 2 perguntas

A multidão que aclamou Jesus como Rei, quando Ele entrou em Jerusalém montado num jumentinho, gritou uns dias mais tarde: Crucifica-o! Do nosso ponto de vista pensamos que é melhor gritar que "Jesus é rei", do que "crucifica-o!". Mas importa lembrar que, sem isentar de culpa todos os que contribuíram para que Jesus fosse crucificado (e fomos nós todos!), tudo isto sucedeu segundo o propósito de Deus e para que a sua Palavra se cumprisse. Estes dois brados da multidão tinham que ser produzidos e não acrescentaram nada, nem retiraram nada a Jesus Cristo. Como soberano Rei, Ele escolheu o caminho da cruz. É a sua natureza e foi a sua vontade. As duas importantes perguntas que precisamos responder perante isto são: Por quem morreu Jesus? Quem é o Rei do meu coração?

segunda-feira, Abril 14, 2014

Você não sabe o que Lhe custou!


Lillie McCloud tem 54 anos, é mãe de três filhos, avó de sete netos e cantou no X-Factor USA 2013, "Alabaster Box" de CeCe Winans. Por pior que seja a situação, com Cristo nada está perdido. Foi bom ouvir isto ontem e hoje. Há esperança!

domingo, Abril 13, 2014

Não se pode adorar um Deus desconhecido

"O fundamento de todo o verdadeiro conhecimento de Deus deve ser uma clara apreensão mental das Suas perfeições como reveladas nas Escrituras. Não se pode confiar, adorar ou servir a um Deus desconhecido."

A. W. Pink

sexta-feira, Abril 11, 2014

As populações não vão cruzar os braços


Ouço no Rádio que as populações não vão ficar de braços cruzados perante o fecho de algumas especialidades nos Hospitais. Agarro na bicicleta e faço o primeiro Cycling (oficial) do ano junto à bela orla marítima de Gaia. 14,40 Km, 44:44 minutos, 504 calorias perdidas. Saiam demónios das gorduras (e das políticas ruins e asquerosas!)!!!

quinta-feira, Abril 10, 2014

Os protestantes celebram a Páscoa!

A pergunta se nós, os protestantes, celebramos a Páscoa, não denota só ignorância religiosa, revela o profundo desconhecimento da vida ressurrecta. Para os cristãos evangélicos, a Páscoa é mais do que evento religioso numa semana do calendário, é a razão da nossa vida, paz e esperança. Devemos celebrar a vitória da ressurreição de Cristo todos os dias da nossa vida.

terça-feira, Abril 08, 2014

Métodos ou conteúdo?

"A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo." (Efésios 3:8)

Não compreendo porque se perde tanto tempo e gastam-se tantas energias com os contornos exteriores da obra de Deus, quando a nossa missão primordial é focar-nos no conteúdo da mensagem da Obra. Não são os métodos do Evangelho que transformam as pessoas, é o próprio Evangelho. Gastemos mais as nossas forças, não nas questões acessórias da fé, mas naquilo que tem poder e permanece para a eternidade. Anunciemos, por meio do poderoso evangelho, as riquezas de Cristo, que sendo incompreensíveis e insondáveis, tornam-se reais quando nelas cremos e vivemos. Que grande privilégio o nosso!

segunda-feira, Abril 07, 2014

Havíamos de falar de Deus


Por onde andará Deus? Estará morto ou escondido no meio de nós? Todas as civilizações tiveram deuses, feitos à sua imagem ou das suas imaginações - deuses animais, deuses vingativos, deuses clementes, deuses visíveis ou invisíveis. Porque nos atrai o mistério e o que não sabemos explicar? De onde nascem os nossos deuses?

Helena Vilaça e Tiago Cavaco procuraram responder a estas e outras questões sobre a existência de Deus, numa conversa moderada por Nuno Camarneiro, realizada no dia 2 de Abril no Teatro Aveirense. Vale a pena assistir.