quinta-feira, fevereiro 16, 2012

Negócios de Fátima


Com ou sem azeite virgem, já se sabe há muito tempo que Fátima é um chorudo negócio da Igreja Católica. De santo não tem nada. Era bom que os meios de comunicação portugueses se lembrassem mais vezes que não são só certos "protestantes", designadamente os chamados "neo-pentecostais", que fazem da fé um negócio. A capa de hoje do jornal "i" só peca pelo "entra".

3 comentários:

Jose Costa disse...

Desculpa Jorge, mas a notícia mais importante - a meu ver - não é Fátima. Mas é o Isaltino e os amigalhaços. Podes não ser ninguém, mas setiveres amigos, não morres na cadeia nem pobre.

Jorge Oliveira disse...

És capaz de ter razão, amigalhaços esses que até são capazes de dar o último Montecristo dos seus, se te faltar um Cohiba ou mesmo um Trinidad (caramba! lá estou eu a ver religião em demasia! lol)

Jose Costa disse...

:) é mesmo isso Jorge! ROFL