sexta-feira, maio 22, 2009

43 anos de loucura

Parece que foi o Martinho Lutero que um dia assegurou que "até aos quarenta anos o homem permanece louco; quando então começa a reconhecer a sua loucura, a vida já passou." Na boa tradição protestante, o bom Lutero permitir-me-á certamente discordar. Embora haja muito de verdade na sua sentença, sinto, nesta minha alegre loucura pós-quarentiana, que a minha vida está agora a começar. Afinal de contas tenho uma longa e feliz eternidade pela frente. Estou grato a Deus, à minha família e a todos vós.

7 comentários:

Vilma disse...

Eu acho que no teu caso, a loucura ainda agora começou mesmo! :D
Só pode... com uma montagem desta!!!!
Jorge Lutero ou Martinho Oliveira?

Deus te abençoe e parabéns pelos teus 43 anos.
Que Ele te continue a acrescentar vida aos teus anos!
E um pouco de loucura também! ;)

Alice disse...

Amém !! estou contigo !!

beijossssss

Flá Mendes disse...

parabéns, e com loucura ou sem loucura que os próximos (muitos) anos sejam bem vividos e a partilhar connosco as experiências desta vida(louca).

Rute Oliveira disse...

Parabéns, Pai!
Tem um feliz dia de aniversário!

Beijinhos,
Rute

missaovirtual disse...

Jorge, parabéns!

Abraço e muitos anos de vida e loucura.

Luiz Henrique Matos

ALFJr. disse...

muito bom o blog, já está adicionado na minha lista de prioridades de visita.

http://libertosparapensar.blogspot.com

abraço

Leonardo Gonçalves disse...

Olá, Don Jorge!

Quando começar a desconfiar que está louco, já estará com o pé na cova, rs... Foi mal. Longe de mim desejar isso. Foi o Lutero que disse, e não eu.

Parabéns pelo aniversário, e pelo blog.

Abraço,

Leonatdo.