segunda-feira, janeiro 19, 2009

Deus existe.


E sem Ele na minha vida eu não era feliz.

* Tradução do cartaz da foto: "Provavelmente o ateísmo não existe. Então, deixe de preocupar-se e desfrute a vida com Deus".

7 comentários:

Vilma disse...

Apesar de só aos 30 anos ter conhecido e reconhecido Jesus como o meu Salvador, desde que me conheço que Deus sempre fez parte da minha vida e sequer questionei Ele não existir. Não fazia sentido para mim isso. Tinha muitas questões com Ele (ainda tenho), mas duvidar da sua existÊncia, não cabe no meu Ser.
Espanta-me quem o negue, perante tantas evidências.
É preciso uma fé maior para negar a Sua existÊncia!

Um abracinho em Cristo e que Ele te abençoe.

Jorge Oliveira disse...

Sinceramente Vilma tenho pena que os autocarros que propagam a mensagem que Deus não existe (ainda) não tenham chegado a Portugal. Seria uma oportunidade excelente para gerar algum debate acerca da existência e propósito de Deus.

Poderia até contribuir para acordar alguns mentes protestantes adormecidas, para a necessidade de pregarmos as boas novas do Evangelho mais afincadamente.
Quem sabe?

Um abraço

Dennys Reys disse...

Se Deus não existisse talvez eu não teria vivido até o presente momento.

Nuno Fonseca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nuno Fonseca disse...

Não existem ateus. Ninguém crê conscientemente que não existe Deus, por duas razões:

1. Logicamente, não se podem ser feitas afirmações universais absolutas na negativa (Aristóteles).

2. Psicologicamente, embora Dawkins diga que não crê no Monstro de Esparguete Voador, o simples conceito desse referente linguístico torna-o presente na sua consciência.

2. A razão mais importante: todos os homens sabem que Deus existe, embora o neguem. A Escritura diz:

'Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça. Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis; porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu' (Romanos 1:18-21).

O Espírito Santo opera em toda a mente humana, revelando o nosso pecado. A existência dum Criador é obviada pela criação. A razão por que o 'ateu' defende que Deus não existe é por causa do seu pecado, pois o Senhor entregou-o aos seus desejos perversos, e o 'ateu' não quer abdicar deles, convencendo-se a si e aos outros que não há razão para a sua culpa, para que peque sem temor do Senhor.

Fui 'ateu' 8/10 da minha vida. Sempre soube que Deus existia, mas não 'acreditava' nEle. Se morresse antes da minha conversão a Cristo, hoje sei que estava inescusável mesmo assim, e iria justamente para o inferno.

§

SOLI DEO GLORIA

Jorge Oliveira disse...

Olá Dennys e Nuno.
Agradeço o vosso comentário e testemunho.

Penso que uma das razões para a negação de Deus será o pecado (como tu bem afirmas Nuno) e outra razão, que se relaciona com essa, é o facto real do deus deste século: o Diabo, cegar os entendimentos dos incrédulos para não crerem em Deus (2 Coríntios 4:3-4).

Continuemos por isso a pregar, não a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor e Salvador, para que Ele abra e ilumine os olhos do entendimento.

Abraços

Marlene Maravilha disse...

Fui educada a nao questionar a existencia de Deus e que tudo foi feito por eLe!
Anunciemos entre as nacoes a sua glória!
abracos