domingo, novembro 20, 2011

Tudo contribuirá para o bem

"Quando uma pessoa tem confiança total no Deus omnipotente, nada de mau pode sobrevir, porque os eventos e as circunstâncias são controladas por ele."

In: Russell Shedd. Epístolas da prisão - Filipenses. São Paulo: Vida Nova, 2005, p. 115.

2 comentários:

Rubinho Osório disse...

Por favor, leitores, não confundam "nada de mau pode sobrevir" com as baboseiras do "evangelho da prosperidade". São coisas diametralmente opostas!
Certo, Jorge?

Jorge Oliveira disse...

Claro que sim Rubinho,
Foi bom esse seu esclarecimento, especialmente para algum leitor novo que caia aqui de pára-quedas.

"O nada de mau" que Shedd refere, insere-se no contexto de um homem que está preso, que vive na incerteza de ser ou não condenado à morte, mas que, aconteça o que acontecer, está confiado que isso trará maior proveito para a expansão do Evangelho (Filipenses 1:12-26).

O "nada de mau", relaciona-se especialmente com o propósito eterno de Deus, portanto, está muito acima dos sofrimentos, das coisas e das circunstâncias negativas que um cristão normal pode ser forçado a experimentar.

Tudo isso, sem dúvida alguma, contribuirá para o bem dos que amam a Deus (Romanos 8:28).

Aquele abraço.