terça-feira, janeiro 13, 2009

O caracol chegou à arca

O pregador Charles H. Spurgeon afirmou que foi pela perseverança que o caracol chegou à arca. Constato que a caminhada cristã tem mais a ver com perseverança, persistência e insistência do que com grandes começos e explosões iniciais.
Considero mais relevante uma "velha" igreja pequena, que teme e ama a Deus, que guarda a sua Palavra, que apesar de crescer lentamente, os seus membros mantêm-se fiéis a Deus depois de décadas, do que uma mega-igreja que começa explosivamente com centenas de membros arrebatados e impetuosos mas decorridos 4 ou 5 anos ninguém sabe onde estão.

A vida espiritual é muito mais caracol do que lebre. Os frutos demoram sempre a aparecer. A constância e a coerência não sendo tudo (só os sábios mudam), são determinantes para se chegar ao fim. E o fim de todas as coisas está próximo. Portanto, sejamos perseverantes, combatendo o bom combate, guardando a fé e acabando a carreira.

3 comentários:

Vilma disse...

Jesus aborda várias vezes a questão de perseverar até ao fim.
Perseverar é um processo lento, continuo e permanente!

Sempre me achei tipo caracol!
Queira Deus que eu seja um caracol nesse sentido que falas no teu post também! :))
Devagar se chega ao longe!

Jorge Oliveira disse...

Ou não fosses tu uma Alentejona de gema, Vilma.
eheheheheh

O PENSADOR disse...

Simplesmente, excelente! Destas que nos fazem refletir no que estamos fazendo, com que objetivo e em quanto tempo...