quarta-feira, julho 30, 2008

Hábil paradoxo

Naide Gomes diz à RTP, depois de ter efectuado a melhor marca mundial do ano, ao saltar 7,12 metros:
"Pode-se sonhar, mas com os pés bem assentes no chão."

7 comentários:

jc disse...

melhor que essa, só mesmo o: "chutei com o pé que tinha mais à mão"...

Jorge Oliveira disse...

Ou então aquela, "prognósticos só no final do jogo...", neste caso do "salto"

lol

Jorge Oliveira disse...

Mas piadas à parte, o conselho da Naide até bastante acertado e pertinente.

Abraço

Rubinho Osório disse...

Parece-me que a gaja será forte concorrente à nossa Maureen no salto em distância. Seria bom se ficassem com ouro e prata... Afinal o Brasil forneceu tanto ouro e prata aos portugueses, e ambos acabaram sem nada...

Jorge Oliveira disse...

Rubinho, "GAJA"?
Cuidado porque a língua portuguesa (e os sonhos) é muito traiçoeira.

Abraço

Alice disse...

Ora pois, tem asas ???


bjinhussss

Jorge Oliveira disse...

Os sonhos brasileiros têm asas, Alice?
:)