segunda-feira, março 10, 2014

Mudar de religião não salva ninguém

Lê-se aqui que, Ulf Ekman, um "influente pastor protestante sueco converte-se ao Catolicismo." As palavras "influente" e "converte-se ao Catolicismo", penso que dizem muito do que se passou. Tanta influência, liderança e carisma serviram para quê? Existem tantos líderes e "pastores", que se dizem evangélicos, mas que andam enganados e enganam. A conversão a um sistema religioso, seja ele qual for, não salva ninguém. A verdadeira conversão é efectuada por Deus e para Deus, mediante a fé.

Relembro o grito apostólico de Barnabé e Paulo, tão pertinente nos nossos dias: "vos anunciamos que vos convertais dessas vaidades ao Deus vivo, que fez o céu, e a terra, e o mar, e tudo quanto há neles" (Actos 14:14-15). É a conversão, não que entra, mas a que sai dos ídolos para o Deus vivo e verdadeiro (1 Tess. 1:9). Portanto, arrependei-vos e convertei-vos unicamente a Deus.

3 comentários:

Caverna do Tio Silas disse...

Seguiu o caminho de Salomão...

Jorge Oliveira disse...

...ou o caminho de Caim, ou de Balaão, ou mesmo o de Judas...

Caverna do Tio Silas disse...

Me referi a Salomão, pois ele foi um grande líder; e, no final da sua carreira, se dobrou aos ídolos, como fez esse pastor sueco.