quinta-feira, setembro 20, 2012

Papiros e restauros rocambolescos

O papiro que cita Jesus a falar da sua mulher, insinuando que Jesus era casado, cuja autenticidade está por comprovar e de um "coleccionador anónimo, que não quer ser identificado" é quase tão rocambolesco e inverosímil como o "restauro" de Borja, feito por Cecília Giménez.

2 comentários:

Rubinho Osório disse...

É óbvio que nada vai se comprovar a respeito desse "documento".
No entanto, caso fosse possível dizer com certeza que Jesus chegou a casar-se, não alteraria em absolutamente nada a minha relação com Ele. Afinal, sou amigo e irmão, e não Sua esposa!!!

Jorge Oliveira disse...

Claro que não alterava nada, Rubinho, até porque a grande verdade é que Jesus tem uma Noiva que vai ser Esposa ;)