quinta-feira, agosto 18, 2011

Mutualidade e reciprocidade

Alguém chega aqui ao CANTO em procura Googliana acerca da "aprendizagem mútua" e encontra este meu antiquíssimo post. Não sei o que procurava e nem sei se respondeu à sua necessidade, mas esta questão da mutualidade, especialmente nas questões eclesiásticas, é-me bastante cara. Só nas Epístolas do Novo Testamento, o binómio "uns aos outros" aparece 36 vezes. "Exortai-vos uns aos outros e edificai-vos uns aos outros" (1ª Tess. 5:11). Provavelmente, nesta época das mega igrejas e ministérios, onde um super-pastor-faz-tudo controla e domina, fala-se muito pouco de reciprocidade e cooperação. Penso que existe pouca mutualidade e reciprocidade mesmo entre igrejas evangélicas. Não olvidando que cada membro do Corpo de Cristo deve cooperar e partilhar segundo o dom que recebeu do Senhor, há que aprender a servir mais e melhor uns aos outros. Aprender a ensinar e ensinar aprendendo. O crescimento de vida dá-se na partilha, na edificação e no amor mútuo, "porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros." (1ª João 3:11)

5 comentários:

Rubinho Osório disse...

"mutualidade"... já imaginaste o conceito aplicado indiscriminadamente por toda a sociedade? Um espanto, sem dúvida, mas dá gosto imaginar...

Jorge Oliveira disse...

Seria bom, mas não me parece que a humanidade o queira. Esta é provavelmente a sociedade mais egoísta da história da humanidade.

Jadson Aquino disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jadson Aquino disse...

Exortai-vos uns aos outros - 1 Ts 5:11

Edificai-vos uns aos outros - 1 Ts 5:11

Ameis uns aos outros - Jo. 13:34

Honrai uns aos outros - Rm 12:10

Ajudai uns aos outros –- Gl. 6:2

Acolhei uns aos outros - Rm. 15:7

Saudai uns aos outros - Rm 16:16

Admoestai uns aos outros - Rm 15:14

Perdoai uns aos outros - Ef. 4:32

Servi uns aos outros - 1 Pedro 4:10

Jorge Oliveira disse...

Caro Jadson Aquino,
Esses versículos e muitos outros provam que precisamos "uns dos outros", dentro e fora da igreja.

Um abraço.