sexta-feira, abril 08, 2011

O meu computador é um privilegiado

Já falei anteriormente sobre o meu velho e barulhento computador. Quando chega o calor, tal qual buzina de rating começa a zumbir bem alto. Já o limpei, oleei e tornei a limpar. Continua a berrar. Não sei se é por ser do tipo esquentado, ou por não estar a trabalhar à beira-mar, ou simplesmente por também ser protestante, mas quando isto acontece, só há uma coisa que o cala: a sua querida ventoinha de pé. Ligo-a no máximo, mesmo a apontar para o CPU e ele lá refresca as ideias. Diminui o barulho irritante do computador e fica só o barulho irritante da ventoinha exterior. Hoje, com o suor a correr-me pela testa, tenho que confessar que senti uma pontinha de inveja do meu computador. Lembrei-me que ele tem uma ventoinha só para ele. O meu computador é um dos poucos privilegiados da nossa injusta sociedade. Desconfio que está a pensar entrar na política.

4 comentários:

Helder Marques disse...

isso resolve-se com 1 ventoinha em condiçoes - desde que o pc valha a pena, pq é coisa pra ainda custar uns euros
@Corkiano

Jorge Oliveira disse...

Olá Cork!

É um PC com 7 anos, não me parece que valha muito (ele é que pensa que vale). Além disso, pelo barulho que faz, que se contente com ventoinhas pequenas (também deve ter asma e falta de ar) mas por 2 euros, vá lá 3, fazemos já negócio!
:)))

Reflexões disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vilma disse...

Com 7 anos isso já é o dinossauro dos computadores... heheheh.
Mas deve ser defeito dos pc's dos protestantes, que o meu protesta que se farta também.
Abracito