segunda-feira, abril 11, 2011

É indispensável subir ao monte da comunhão

Leio a meditação de hoje do devocional "Mananciais no Deserto", de Lettie Cowman, que vem no seguimento da pregação de ontem na minha igreja:

"Na vida de fé não há atalho, e a fé é a condição vital para uma vida santa e vitoriosa. Nós precisamos de períodos de comunhão e meditação a sós com Deus. É indispensável que subamos ao monte da comunhão, que cheguemos ao vale de repouso tranquilo à sombra de uma grande rocha, e que tenhamos noites sob as estrelas — em que a escuridade esconde o mundo material, silencia o burburinho da vida humana e abre a visão para o que é infinito e eterno — sim, é tão indispensável quanto o é o alimento para os nossos corpos."

A vida exterior é sempre um reflexo da vida interior, do tempo de intimidade com Deus. Para se dar tem primeiro que se receber. "O que vos digo às escuras, dizei-o às claras" (Mateus 10:27), disse o Senhor Jesus aos seus discípulos. Estar a sós com Deus é indispensável para se estar bem connosco próprios e com os outros. É isto que eu quero, com a ajuda de Deus, reter, viver e proclamar.

2 comentários:

Dáuvanny disse...

...esconder-se para obter revelação. Pertinente.
Também leio "mananciais" quase que diariamente; é bom receber incentivo para prosseguir.
Amplexo.

Jorge Oliveira disse...

Olá Dáuvanny (há quanto tempo...)

Agradeço também o comentário incentivador e a identificação e comunhão em Cristo que podemos desfrutar, mesmo à distância.

Abração.