segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Cortar nos adjectivos

No dia seguinte à festa do décimo quinto aniversário da minha querida filha Rute, contemplando a minha protuberante e empanturrada barriga, chego à conclusão que tenho mesmo de cortar nos adjectivos. Principalmente os adjectivos de camarão, que a minha mãe faz extraordinariamente e maravilhosamente (cá estão dois) bem. Claro que as doces e suculentas (mais dois, estão a ver?) locuções adjectivais da minha esposa também não ajudam nada. No próximo Domingo temos mais uma festa no grau superlativo, "que se junta" a esta. Malditos sejam, execráveis e deliciosos adjectivos que me tentam sempre aos pares.

2 comentários:

voltemosaoevangelho disse...

Obrigado pela indicação no campo destaques. Toda a glória ao nosso Mais que Suficiente Salvador, Jesus o Cristo.


Voltemos ao Evangelho,
Vini

Jorge Oliveira disse...

O prazer é meu, amigo Vini.
A glória é d'Ele mesmo.

Volte sempre.
Um abraço