segunda-feira, dezembro 01, 2008

Que haja paz

Não sei se concordo totalmente com uma frase de Paul Simon que diz "se as estradas que percorres são de paz e justiça, irei contigo." Desconheço o contexto, mas afinal onde é que são mais precisos os pacificadores? Não são porventura nas outras estradas, nas de guerra e de injustiça? Então agora só acompanho e caminho com aqueles que concordam com tudo o que eu penso? Ao primeiro sinal de "guerra" abandonamos as pessoas?

A Biblia ensina-nos a buscar a paz - a paz de Deus e a paz com Deus. Mas também nos diz para fazermos tudo o que estiver ao nosso alcance para termos paz com todos os homens, "se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens" (Romanos 12:18). Se for possível, proporcionemos condições para que o nosso caminhar seja em paz. Façamos tudo o que estiver ao nosso alcance para que haja paz. "Felizes são os pacificadores" (Mateus 5:9). Sigamos a estrada do Príncipe da Paz.

2 comentários:

José Carlos disse...

Os soldados da paz (os cristãos) estão sempre em guerra.

Caverna do Tio Silas disse...

Se nosso Caminho for de Paz, claro que muitos quererão seguir-nos, pois é confortante andar pelo Caminho da Paz, pois, "...mil cairão ao meu lado, e, dez mil a minha direita...".

O "mundo" pode estar em guerra - e como está!!! Se andarmos no Caminho da Paz, faremos a diferença!

Fazer a diferença, é a obrigação do Cristão, no bom sentido da palavra! :)