segunda-feira, novembro 24, 2008

O crente da igreja em Laodicéia

Aquele crente gostava muito de ir no domingo à igreja. Para ele era "o santo dia do Senhor". Só que quando o crente entrava na igreja, O Senhor saía. A desgraçada nudez daquele crente era por demais vergonhosa.

3 comentários:

Vilma disse...

Forte hein?

Sacode as nossas pulgas, uma afirmação dessas.

Já agora, lê este do Caio.
Beijinhos.


http://www.caiofabio.com/novo/caiofabio/pagina_conteudo.asp?CodigoPagina=0421200009

Jorge Oliveira disse...

É Vilma,
é uma posta interessante o texto do Caio. Destaco esta frase:

""dar fruto", segundo os crentes e suas emoções condicionadas por anos de engano religioso, é evangelismo como programa, é acampamento como devoção, é célula de crescimento, é cantar no grupo de louvor, é ir à reunião de oração, e, sobretudo, é dar o dízimo em dia."

Mas há outras.
:)

Juber Donizete Gonçalves disse...

Jorge,

Gostei do texto e do blog. Vivemos dias da igreja de Laodicéia mesmo.

Graça e Paz.