segunda-feira, outubro 06, 2008

Da minha pregação de ontem

Tantas coisas distraíam e consumiam a pobre Marta, mas uma só coisa era necessária, e a sua irmã Maria tinha escolhido bem (certamente arminiana), sentada aos pés de Jesus, ouvia a sua Palavra. Jesus pouco se importa do afadigado crente-faz-tudo, que não tem tempo para nada. Ele prefere ter-nos demoradamente aos seus pés. As obras que vão mais longe são as que começam nos pés de Jesus.

6 comentários:

soffs disse...

Concordo....

José Carlos disse...

Concordo inteiramente. Mas não me esqueci de rir ontem à noite...He he he.

Jorge Oliveira disse...

Gosto de te ver rir ZéCarlos (vê lá se não cai a placa, eheh).

Mas como tu bem disseste "O último a rir é que rirá melhor".

Eh eh eh.

jc disse...

é verdade... começa aí!
Costumo dizer que "na humilhação perante o Homem, há exaltação perante Deus".

Por isso eu digo: Amém!

di disse...

concordo plenamente contigo.
sem dúvida.

Beijocas p a família

O PENSADOR disse...

essa foi boa, rs.