terça-feira, setembro 16, 2008

Engordar a alma

Ainda não me recompus dos 3 quilos que engordei nas férias que passámos na casa dos nossos preciosos amigos Vilma e Artur. Como é que se pode não engordar com a irresistível mesa recheada de deliciosas gambas espanholas, suculentos assados de carnes, peixinhos grelhados com batatinhas doces de agricultura biológica, bifinhos tenros grelhados com “champignons” e natas, saladas coloridas com queijos e vegetais, bacalhau espiritual à "la Raquel", tudo regado com sangrias, "vinõ espanhuel" do "Duero" e umas boas latas da melhor cerveja holandesa? Isto para não falar das sobremesas e dos fartos pequenos-almoços de enchidos e pão alentejano, compotas e queijo curado de ovelha “Pneu”. “Pneus”, ganhei eu, e demorarei a perdê-los. É o preço da gula.

Mas muito melhor que toda a comida e bebida, foi a alegria, a amizade, a consideração e afabilidade da Vilma, do Artur e da Toty. Esses, jamais quererei perder.

5 comentários:

Vilma disse...

Já nos fizeste rir com este teu post.
Como sempre, consegues dar o teu toque bem humorado às situações, mas digo aqui desde já que é exagero teu (senão é o povo à pinha para querer esse serviço também). :)))

Quanto à nossa amizade, não a perderás.
Se algum dia a perdesses, era porque nunca teria sido amizade! ;)
Como uma vez o disseste e muito bem:
"A durabilidade da amizade é quase como a da salvação. Ou se é amigo ou nunca se foi. Ou se é salvo, ou nunca se foi. Nunca se perde a salvação, nem os verdadeiros amigos."
Abraços mouros ... também com pneus pelo meio! hehehehehe

jc disse...

é bom ver coisas assim...
mesas e amizades fartas, são uma coisa especial...

ihihihihihihihihihih...

jo! continuas ao melhor nível... ;)

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo, os kilos a mais são compensados, pela alegria da confertenização, com os seua amigos... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Marlene Maravilha disse...

Que lindas férias hein?? Junto com a Vilma?? tambem quero!!! Que previlégio!! (amém por este encontro)
Espero que Deus presenteie-me este ano com alguns momentos aí em Portugal, mas desde já, comento que nao é necessário tantas guloseimas, porque nao desejo estes pneus!! (brincadeiras a parte)
Entretanto, ponho-me a disposicao para recebe-los aqui no Brasil quando queiram!
Deus abencoe

Jorge Oliveira disse...

É verdade caros visitantes deste vosso humilde blogue, comi e diverti-me mais do que merecia. Diz Provérbios 15:30 que: "A luz dos olhos alegra o coração; a boa fama engorda os ossos." E eu tenho o coração alegre e os ossos dilatados com a "boa fama" dos bons amigos Mouros.
:)