sexta-feira, agosto 01, 2008

Nem todos os brasileiros são dentistas,

e nem todos os portugas são padeiros, usam um farfalhudo bigode e dizem: "Ora, pois, pois...". É difícil perceber isto?

3 comentários:

Wander & Ana Carla Almeida disse...

Jorge, Tens razão!
Embora Carla seja uma dos que cuidam de nossos sorrisos. E em minha pequena cidade, a mais tradicional padaria pertença a uma família Luzitana.
=)

Rubinho Osório disse...

Ora, pois! Tens razão, por mais que tentem provar o contrário!!!
Veja só: o padeiro perto de casa é italiano!!!

bete pereira da silva disse...

Com certeza pá. O padeiro da nossa esquina é um brasileiro indubitável. Que fim levou os simpáticos padeiros portugueses?