segunda-feira, julho 14, 2008

"Carjacking"

Ocorreu mais um roubo por "carjacking" aqui em Vila Nova de Gaia, hoje de manhã. Os assaltantes fizeram dois ou três disparos e um homem que tentou ajudar ficou ferido. Só nesta última semana, o distrito do Porto registou pelo menos cinco casos de "carjaking". Encharcados que fomos com as violentas imagens das televisões deste fim-de-semana, pergunto-me onde está o Portugal pacífico, "cristão" e de bons e brandos costumes? Prolifera a violência nas casas, nas escolas, nas praias, nas ruas. Onde anda a polícia? Onde andam os políticos?

2 comentários:

Fernandes F disse...

o carjacking é um fenomeno que cresce com a falta de prevenção, um ladrão só rouba a quem esta desprevenido por isso prevenir é todo. Informar as autoridades filmar o sucesso fotografar, iluminar as entradas e saidas da garagens dos predios, observar a volta antes de entrar no carro ou casa, nunca realizar o mesmo itinerario, observar o carro o mota que nos segue realizar mudanças de direção e observar sempre a retaguarda... são muitas as coisas que devemos fazer para evitar a proliferação do fenomeno... por outra parte o governo deve abrir de uma vez por toda os olhos

Jorge Oliveira disse...

Fernandes F,
Realmente a prevenção é muito importante, existem até sistemas de GPS integrados que detectam os carros roubados, mas será que a prevenção por si só evita todo o tipo de crimes? Não me parece.

Há uns anos atrás, lembro-me de um vizinho nosso que tinha a melhor porta blindada de segurança de todo o prédio. Um dia, quando chegamos a casa, os larápios tinham arrombado a casa dele durante a tarde, deitando a porta abaixo, juntamente com a parede que a segurava.

Claro que isto não invalida o facto de tomarmos medidas preventivas para a nossa segurança, e agradeço as suas pertinentes sugestões, mas as perguntas mantêm-se, "onde anda a polícia? Onde andam os políticos?"

Penso que são estes os principais agentes da segurança de um país que parece estar em ruptura com os "bons e brandos costumes".

Abraço