quarta-feira, maio 28, 2008

A Isabel do Osório

A Isabel, esposa do Osório (que trabalha no Hipermercado Continente), contou-me um dia destes nos corredores da minha igreja, que aprecia o que escrevo por este CANTO. Gosta das músicas, dos postes e às vezes perde-se nos links laterais. A Isabel do Osório é inteligente. Prometi-lhe que um dia iria escrever algo sobre ela.

O seu único lamento era não poder comentar neste blogue.
Pois é Isabel, as tuas "orações" foram ouvidas. Esta semana a caixa dos comentários está aberta para todos. Aproveitem que esta promoção é como o leite do Continente. As promoções são boas, mas duram pouco tempo.
Que Deus vos abençoe!

3 comentários:

bete pereira da silva disse...

Aqui no Brasil, um leite com embalagem verde não teria boa aceitação, as cores que são aceitas para leite são vermelho e azul,assim me disse certa vez um professor. Vai entender?

Jorge Oliveira disse...

Como dizem os brasileiros: Oi???

Então a embalagem do leite não pode ser verde? Mas que raio de professor disso isso, um profe daltónico? Alguma coisa contra o meu Sporting?

Nós aqui na Europa temos embalagens de todas as cores, com e sem vacas! Marcas brancas e de outras cores.

Eheheh

bete pereira da silva disse...

Jo, caixinha de leite parte dois: mostrei a caixinha para algumas colegas de escritório, e a opinião se dividiu: metade acha que meu professor era mesmo um cretino. A outra metade, relaciona a cor verdinha `a produtos de beleza...