sábado, maio 24, 2008

E quando o ribeiro seca?



“E sucedeu que, passados dias, o ribeiro se secou” (1 Reis 17)

O único ribeiro que mantinha o profeta vivo secou. Porque secou o ribeiro? Não estava o profeta Elias no centro da vontade de Deus? Sim, ele estava. Porque sofrem os justos e os inocentes? Porque seca o ribeiro? Porque secam os ribeiros na nossa vida? Será que Deus é insensível à minha sede e miséria?


Penso que o ribeiro secou por algumas razões:

1 - Para o cumprimento da profecia que Elias tinha proferido. Não tinha profetizado Elias que a chuva ia parar (vers. 1)?

2 - Porque Deus respondeu às orações de Elias. Às vezes parece que ficamos surpreendidos quando Deus responde às nossas orações, mas se oramos com fé, dentro da sua vontade, Deus sempre responde (Tiago 5:17).

3 - O ribeiro secou também para importunar o conforto de Elias e gerar mudanças no seu carácter e ministério. A secura é uma excelente oportunidade para descobrir mais água. E azeite (vers. 14). Mais de Deus.

4 - Porque Deus queria demonstrar mais da sua soberania e provisão. Mesmo quando os ribeiros secam Deus continua a cuidar de nós. Ele é O Pai. Nunca abandona os seus filhos.

5 – O ribeiro secou para Deus manifestar mais graça e milagres. Deus também amava uma viúva e o seu filho que estavam a morrer na miséria. Somos chamados a abençoar quem precisa. As nossas carências e dificuldades são caminho para a demonstração do grande amor de Deus.

Relembremos que Deus secou as águas do mar Vermelho para que o povo de Israel avançasse e entrasse na terra prometida. Ainda que os tempos sejam de secura, avancemos e continuemos a crer no Senhor Jeová, a fonte das águas vivas. Mais do que tentar entender porque seca o ribeiro, percebamos para quê que seca o ribeiro.
Deus sacia a nossa sede.

4 comentários:

bete p.silva disse...

Mas será que o ribeiro não secou porque era tempo de seca?

Jorge Oliveira disse...

Bete,
Deus tinha dito ao profeta para se esconder junto daquele ribeiro e beber da sua água. Passados alguns dias o ribeiro secou (1Reis 17:3,4, 7). Porquê? Para quê? Será que era tempo de seca?

bete pereira da silva disse...

É...difícil entender Deus.

Viviana disse...

Olá Jorge,

Achei muito interessante esta sua abordagem do "ribeiro que secou".

Que coincidência!

È que acabei de escrever há pouco, que o Senhor começou a cuidar de mim, quando eu era um pequenino embrião no ventre da minha mãe...
sempre cuidou... e sinto que aos 67 anos continua a cuidar.

Que benção constatarmos isso!

Tenha um lindo dia cheio de surpresas agradáveis

um abraço
viviana