quinta-feira, janeiro 24, 2008

Mais de 400 visitas à fogueira santa

À custa do desabafo do João, as visitas do blogue disparam para o dobro do normal. Mais de 400 visualizações no dia de ontem. Somos todos muito bonzinhos e santarrões, mas gostamos mesmo é de assistir a uma boa e quente polémicazinha. É o cheiro da roupa suja e da carne queimada que atrai as pessoas.

7 comentários:

João Leal disse...

Sim, é lamentável.

Dinocas disse...

As vezes, somos mesmo uns tristes...diz o povo e (muito!) bem: Valha-nos Deus!
Shalom

Viviana disse...

Olá Jorge, bom dia

È, é mesmo isso.

Até arrepia... não é?

Já tinha reparado nisso ontem.
Caiu tudo em cima do João...

Reparei noutra coisa:
"o tal dito cujo" post, mereceu 11 comentários, e o extracto do mesmo no seu blogue , tem 18...

ora 18 com 11 dá 29.

Agora repare, no poste interessante que o João publicou ontem, apenas um comentário ,
e sabe de quem? do "Demo"!
Dá que pensar...
Um bom dia para si
e um abraço

Vilma disse...

Faz parte da nossa natureza humana e carnal.
Como eu costumo dizer, o povo gosta é de um bom melodrama, de sangue e de festas!
O que importa no meio disto tudo, e em relação a esse post, são as lições tiradas, reter o que é bom e aprender com tudo isso.

sofia disse...

Triste, triste, é uma pessoa já não poder expressar a sua opinião...pelos vistos é bem melhor andar nas costas uns dos outros a murmurar...
Resta-nos a Graça de Deus...a maravilhosa graça...porque ninguém é melhor que ninguém...

Vitor Mota disse...

Jorge, por vezes o que disseste acontece.
Mas porquê não retiraste o teu post (a cópia) mesmo depois do João ter decidido retirar o original? Não achas que contribuiste para a atear a fogueira?
De qualquer modo, penso que sempre se aprende algo com situações deste género.

Jorge Oliveira disse...

Vítor
Só não apaguei o meu post, pela simples razão (já exposta nos comentários do mesmo): o João Leal não me pediu para o apagar.
Mas por aquilo que observei e aprendi com ele, penso que terá sido uma boa opção.

Continuo porém disponível para o apagar. Se o João preferir que me envie um mail para cantodojo@gmail.com